ANUNCIE AQUI 01

ENTRE EM CONTATO COM A EQUIPE DO BLOG PELA A PAGINA CONTATO E ANUNCIE EM NOSSO SITE!

ANUNCIE AQUI 02

ENTRE EM CONTATO COM A EQUIPE DO BLOG PELA A PAGINA CONTATO E ANUNCIE EM NOSSO SITE!

ANUNCIE AQUI 03

ENTRE EM CONTATO COM A EQUIPE DO BLOG PELA A PAGINA CONTATO E ANUNCIE EM NOSSO SITE!

ANUNCIE AQUI 04

ENTRE EM CONTATO COM A EQUIPE DO BLOG PELA A PAGINA CONTATO E ANUNCIE EM NOSSO SITE!

ANUNCIE AQUI 05

ENTRE EM CONTATO COM A EQUIPE DO BLOG PELA A PAGINA CONTATO E ANUNCIE EM NOSSO SITE!

VALE A PENA VER DE NOVO. SÃO LUÍS GONZAGA-MA: Prefeito Dr. Júnior concede entrevista à rádio, destaca principais trabalhos realizados nesses primeiros meses da nova gestão, e rebate factoides espalhados na cidade

Solon Vieira, Prefeito Dr. Júnior e o Sr. Sebastião, Secretário de Articulação Política.

O Prefeito Municipal de São Luís Gonzaga do Maranhão, Dr. Júnior (PDT), concedeu na tarde de quarta-feira dia 23 de agosto de 2017, uma entrevista bem esclarecedora ao Assessor de Comunicação, Solon Vieira.. 
 
Na oportunidade, destacou os principais trabalhos realizados pelo seu governo, e rebateu de forma veemente ataques que estão sendo feitos não contra o gestor, e sim, contra a sua pessoa.
 
EDUCAÇÃO.
 
De maneira humilde e verdadeira, Dr. Júnior destacou que índices de gestões anteriores que mostravam avanços na educação eram fantasiosos e criados em escritório, mas que agora, isso é coisa do passado, tendo em vista os avanços que a Educação Municipal vem mostrando nessa nova administração.
 
REFORMA DE ESCOLAS.
 
O prefeito enfatizou que já estão iniciando a reforma de 25 escolas, e que muito em breve o município estará recebendo em parceria com o governo estadual, a recuperação de escolas da sede. Anunciou também que na próxima semana iniciará um programa de produção de alimentos na escola, a começar pelo Jardim Tio Patinhas, e pela Creche Prof.ª Maria Cícera Fernandes.
 
CRECHE.
 
Em relação à Creche Prof.ª Maria Cícera Fernandes, o prefeito disse que o prédio foi construído na administração passada, e que não entendeu os motivos do local não ter sido inaugurado e nem iniciarem as atividades de ensino. Como passou muito tempo fechado, o prefeito explicou que nesse primeiro momento está sendo realizado um trabalho de recuperação das instalações, dando uma nova roupagem ao local, como reboco, pintura entre outras coisas; uma nova licitação para a compra de equipamentos foi feita, para que o local atenda com o maior conforto possível. Ele explicou também que agora no próximo mês de setembro, darão início às atividades de ensino. O prefeito destacou que esse assunto da Creche Prof.ª Maria Cecília, era uma questão moral, já que antes o local funcionava como um galpão.
 
SAÚDE.
 
Em relação ao setor da saúde, Dr. Júnior destacou que todos os municípios brasileiros sofrem muito com esta área para oferecer um atendimento de melhor qualidade. Por isso, lutou e muito para que a saúde de São Luís Gonzaga do Maranhão fosse municipalizada. Com isso, o município em breve começará a receber as verbas de fundo a fundo, ou seja, sem muita burocracia, para assim, ter maior celeridade no atendimento e dando maior qualidade aos gonzaguenses. “o governo é de todos, e não só de quem votou no 12”, rebateu as críticas do grupo derrotado da oposição.
 
SALÁRIOS EM DIAS.
 
O prefeito lembrou também que a atual administração já está com três meses que paga o funcionalismo antecipadamente, saindo na frente até mesmo do pagamento dos servidores estaduais. Lembrando que em todo o Maranhão, somente três cidades pagam os salários antecipadamente e a frente do pagamento estadual.
 
ILUMINAÇÃO PÚBLICA.
 
Um dos assuntos que foi destacado durante a entrevista foi o justamente o projeto de Lei nº 0017/2018 que foi encaminhado a Câmara Municipal de Vereadores na última sessão. Esse projeto trata de um pequeno aumento na taxa do CIP (Contribuição de Iluminação Pública). Projeto que na verdade é padrão, elaborado por profissionais da CEMAR. O projeto foi encaminhado para apreciação dos parlamentares gonzaguenses. Porém, uma pequena parte da oposição derrotada, se aproveitando da má fé, fez uma verdadeira tempestade em copo d’água, o prefeito deixou claro que esse projeto, se aprovado, será em benefício do povo gonzaguense, e que se isso fosse prejudicar ao seu povo, ele não levaria para ser apreciado. Aproveitou o espaço e pediu a população da zona rural do município, que tenham um pouco mais de paciência, já que a cidade tem cerca de 200 povoados, mas garantiu que em todos terão a renovação na Iluminação Pública, e que isso já é uma realidade, como a exemplo dos bairros, Alto da Juriti, iluminação sobre a ponte, Nova São Luís Gonzaga, Bairro Novo.
 
MERCADO PÚBLICO DE SÃO LUÍS GONZAGA-MA.
 
O prefeito falou sobre uma reunião que aconteceu na última segunda-feira (21), com o Ministério Público, para assim encontrarem meios para melhorias no mercado público municipal de São Luís Gonzaga do Maranhão, e foi enfático em dizer que não irão acontecer “caças às bruxas”, ou seja, que seu governo não irá perseguir adversários políticos que lá trabalham, e que todos são cidadãos gonzaguenses.
 
POÇOS ARTESIANOS.
 
Perguntado sobre as melhorias no abastecimento de água na cidade de São Luís Gonzaga do Maranhão, o prefeito disse que no próximo dia (5) de setembro será realizada uma licitação, para que muito em breve seja iniciada a perfuração de um poço artesiano no Bairro Nova São Luís Gonzaga, e no bairro Alto da Juriti, duas comunidades que mais sofrem com a falta de água. O prefeito lembra que isso, foi uma de suas promessas de campanha do ano passado. Dr. Júnior disse que a programação para ainda em 2017, é a perfuração de mais 12 poços artesianos na zona rural.
 
EMENDAS FEDERAIS DESTINADAS AO MUNICÍPIO.
 
Graças às boas amizades e o prestigio que tem no mundo político, o prefeito conseguiu junto aos amigos e deputados federais, Alberto Filho e Weverton Rocha, emendas que irão beneficiar o povo gonzaguense. Emendas que tem como objetivo aquisições das patrulhas mecanizadas, um trator com arado, veículo F-4000, além de 50 mil kits de irrigação.
 
AGRICULTURA.
 
Dr. Júnior frisou o recebimento que ocorreu nesta terça-feira (22), do 1º tanque de resfriamento de leite, e disse que o 2º tanque será entregue nesta quinta-feira dia 24 de agosto de 2017. Além da parceria do município com cerca de 40 agricultores que irão fornecer alimentos para as escolas e para a Prefeitura.
 
INFRAESTRUTURA DO MUNICÍPIO.
 
O Prefeito pediu desculpas à população por conta dos transtornos que possam ser causados a população que trafega pela principal avenida da cidade, Avenida Marechal Castelo Branco, mas disse que esse trabalho se faz necessário para a total recuperação de meios-fios e sarjetas das vias do município. E lembrou que esse trabalho também será estendido em todos os bairros da cidade, além da colocação de bueiros, a inclusão do município no programa Mais Asfalto do governo do estado.
 
ESPORTE.
 
O Prefeito destacou várias ações realizadas na área de esportes em São Luís Gonzaga do Maranhão. Falou da realização de mais um campeonato em breve, o 1º campeonato de futebol feminino com sete equipes da zona rural, e uma equipe da sede. Além de um campeonato de voleibol agora para o próximo dia 07 de setembro. Disse que está fazendo de tudo para abrir com orgulho a quadra de esportes localizada na avenida principal da cidade. Destacou a abertura do PAR para inserir o município de São Luís Gonzaga do Maranhão, em benefícios junto ao FNDE.
 
RECOLHIMENTO DE ANIMAIS DE VIAS URBANAS DA CIDADE.
 
O Prefeito disse que primeiramente será realizada uma campanha educativa para que a população não deixe mais animais soltos nas ruas da cidade, e que em seguida, será realizado tudo dentro da legalidade o recolhimento destes animais, o que já é bem pouco pelas ruas do município.
 
07 DE SETEMBRO.
 
Espero que seja histórico esse dia”, disse o prefeito quando se referiu ao próximo dia 07 de setembro, quando será realizado um grande desfile pelas ruas da cidade, enfatizou que a banda fanfarra municipal foi reestruturada, e que agora conta com mais de 100 participantes. Além da criação de uma escola de música do município.
 
ENCERRAMENTO.
 
“Quero agradecer a participação no seu programa, agradecer a todos, e ao povo de São Luís Gonzaga que me deu a oportunidade de me tornar prefeito, e dizer para as pessoas, que apesar da crise, apesar dos adversários não aceitarem, a gente tá procurando honrar e se empenhar no que nos designamos a fazer, ainda não deu para cumprir tudo que prometemos, mas estamos trabalhando todos os dias, junto com minha equipe, junto com minha esposa, junto com meus amigos, e dizer, é, o povo de São Luís Gonzaga tem que cobrar mesmo da gestão, gosto de ser cobrado, e nós iremos fazer muito mais, esse lema de “Construindo uma nova História”, não é fantasia não, é uma realidade e vai se tornar uma realidade, nós estamos muito esperançosos, ontem tive uma conversa, (rsrsrs), só pra deixar uma notícia boa, pros professores, nós vamos pagar junto com o estado, esse mês Solon, o governador conseguiu acompanhar a gente, mas nós vamos trabalhar no mês que vem para pagar antes do governador; ontem eu tive um bate papo com o secretário de indústria e comercio do estado, meu amigo, Simplício Araújo, que é meu amigo de longas datas, que inclusive já votei nele aqui em São Luís Gonzaga para deputado Federal, que ele me deu uma notícia boa e que eu me preocupei, a notícia boa é que o poço de gás que foi perfurado lá no São Benedito do Vale, talvez tenha uma produção maior que o poço do Centro dos Gomes, e que a uma possibilidade da empresa de gás, fazer uma outra termelétrica na região. Mas, o que me preocupou é que tem a classe política de outras cidades, né, de Bacabal, tá tentando desviar a termelétrica pra Bacabal, mas nós vamos procurar junto a empresa, junto aos meios legais, pra que a gente possa fazer com que essa termelétrica fique em São Luís Gonzaga, ai sim Sebastião, vai ter recurso pra gente fazer o que nós sonhamos a vida toda, aproveitar a oportunidade que a natureza deu a São Luís Gonzaga, de ter esse reservatório de gás aqui imenso, mas estou muito feliz, e vamos, Solon, procurar todos os meios de manter esse reservatório aqui em São Luís Gonzaga; e que Deus abençoe a todos que nos ouviram até agora, e a mim também que eu tenha discernimento e clareza pra que eu possa ser justo com todos os munícipes de São Luís Gonzaga, obrigado Solon e Antônio Carlos e a todos pela oportunidade”.



ASCOM: Assessoria de Comunicação da Prefeitura  de São Luís Gonzaga do Maranhão.

COMEÇA A SEGUNDA EDIÇÃO DO PROGRAMA MOTO LEGAL

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) começa a atender os interessados em aderir ao programa “Moto Legal” do Governo do Estado, a partir desta segunda-feira dia 18 de setembro de 2017. O objetivo é a regularização de motocicletas através do pagamento de tributos em atraso.
Essa é a segunda edição do programa “Moto Legal” e vai permitir a legalização do veículo com o pagamento de R$ 50,00 (cinquenta reais) por cada ano de atraso. Desse montante, R$ 20,00 (vinte reais) corresponde ao licenciamento, e R$ 30,00 (trinta reais) ao IPVA. Ou seja, se a moto estiver com o IPVA e o licenciamento atrasados há um ano, a quantia a ser paga é de R$ 50,00 (cinquenta reais). Se forem dois anos: R$ 100,00 (cem reais), e assim sucessivamente.
O programa também oferece vantagens para a quitação do IPVA 2017. Nesse caso, o beneficiado é dispensado de pagar juros e multas por atraso, e ainda tem um desconto de 50% do valor devido.
O “Moto Legal” beneficia apenas pessoas físicas com Carteira Nacional de Habilitação devidamente regularizada. Veículos pertencentes a empresas ou outro tipo de pessoa jurídica não podem participar. As motos também não podem ter multas em aberto, as quais deverão ser quitadas para que o proprietário faça jus ao benefício.
A adesão aos benefícios deve ser feita nos postos do Detran-MA somente até o dia 18 de dezembro de 2017. O programa não inclui a quitação de débitos relativos ao DPVAT, que é de competência federal.
Vale ressaltar que as multas em aberto deverão ser quitadas.
 

Edmilson Moura

ANIVERSÁRIO DE UM ANO DO HOSPITAL REGIONAL LAURA VASCONCELOS DE BACABAL – MARANHÃO EM 16.09.2017.





De setembro de 2016 a agosto de 2017, foram realizados 333.266 atendimentos no Hospital Regional de Bacabal. Foram 9.734 consultas médicas especializadas nas áreas de clínica geral, cirurgia geral e ortopedia e traumatologia; 3.630 internações hospitalares; 283.141 exames do serviço de apoio, diagnóstico e terapia (SADT); 10.510 procedimentos ambulatoriais; 10.585 atendimentos de enfermagem e serviço social; e 13.186 atendimentos de urgência e emergência.

O Hospital Regional Dra. Laura Vasconcelos possui 46 leitos de internação em clínica médica, cirúrgica e ortopédica, 10 leitos de UTI adulto, seis leitos de observação e três para a estabilização de pacientes. Mais de 300 profissionais compõem a equipe do hospital.

A autônoma Bernarda Carvalho, de 48 anos, aproveitou a programação para tratar de dores na coluna e nos pés. "Eu tenho escoliose e bico de papagaio. Se não fosse o bastante, estou com uma dor e inchaço nos pés há quase 20 dias, mas sem previsão de consulta para tratar o problema. Sem a ação do hospital, eu não teria chance de receber atendimento para remediar minhas dores tão cedo", contou.

Em parceria com o Hemomar de Santa Inês, o hospital realizou a captação de novos doadores e coleta de bolsas de sangue para abastecer a Agência Transfusional da unidade. Em média, o Hospital Regional necessita de 360 bolsas de sangue por mês. A dona de casa Maria José Carvalho, de 54 anos, é doadora voluntária há três anos e incentivadora do gesto. "Eu faço a minha parte em doar. Eu nunca venho só, porque eu sei que muitos pacientes precisam de mais de uma bolsa", disse.

A programação ofereceu, ainda, testes rápidos para diagnóstico de Sífilis, HIV, Hepatite B e C; aferição de pressão arterial, testes de glicemia, assistência farmacêutica, orientação nutricional e ginástica laboral.

A unidade alcança uma população estimada em 267.842 mil habitantes, de municípios como Bacabal, São Luís Gonzaga do Maranhão, Lago da Pedra, Conceição do Lago Açu, Lago dos Rodrigues, Lago Verde, Vitorino Freire, Bom Lugar, Olho d’Água das Cunhas, Brejo de Areia e Pio XII.

O SINCATO DOS MOTAXISTAS DE BACABAL – MA agradece, agradeceu o espaço ou o nosso POSTO DE MOTOTAXISTA, e que foi inaugurado pelo Governador Flávio Dino, feito pelo Governo de Vossa Excelência Flávio Dino, pelo Estado no Hospital Regional Laura Vasconcelos de Bacabal – Maranhão, e pedimos ao Governador que nos ajude a dar condições de vida a nós, no fazer mais postos ou reformar os que já tem, e queremos endossar ou salientar o compromisso feito, com a classe, com a categoria dos mototaxistas, motofretistas e motoboys do Maranhão, de Bacabal, pois o compromisso foi selado com a entrega de do documento, no dia 15/06/2014. Em nossa Capital.
 
São Luis Gonzaga do Maranhão, se fez presente no aniversario do Hospital Laura Vasconcelos, Presentes o Vice-Prefeito Neto Canaan e esposa, Vice-Presidente da Câmara de Vereadores. Vereador Eleonilson. Assessor de Comunicação. Solon Vieira e o Assessor de Gabinete do Prefeito Dr. Junior. Paulinho Ferreira, o Prefeito. Dr. Junior não pode está presente, pois estava em São Luis – MA.
 
 
 
Edmilson Moura

REFORMA POLITICA O LIXO ELEITORAL EM BAIXO DO TAPETE



O Congresso Nacional levantou o tapete, ao apregoar que iria finalmente aprovar a inadiável reforma política, eleitoral e partidária até 7 de outubro, já que as novas regras precisam estar em vigor um ano antes do pleito de 2018.

Entretanto, nada disso acontecerá.

Na madrugada da quinta, a sessão acabou encerrada, sem consenso e quórum
O “grand finale” será o lixo eleitoral jogado (mais uma vez) para debaixo do tapete.

Ficou claro que o plenário optou por não modernizar o processo eleitoral do país. Talvez, aprove apenas alguns “remendos”, com o fim de ludibriar a opinião pública.

Como seria possível votar emendas constitucionais, na Câmara e no Senado, em dois turnos, com o aval mínimo de 308 deputados e 49 senadores, faltando duas semanas para o prazo fatal de 7 de outubro?

Curiosas às posições dos partidos de esquerda (PT, PSOL, PCdoB), criando obstáculos às reformas, mesmo sendo siglas que mais denunciam a corrupção eleitoral.

Já os partidos maiores (PMDB, PSDB, DEM, PP), igualmente recusam as mudanças e se manifestam favoráveis à flexibilização de regras de financiamento, até admitindo a volta das “ajudas privadas”.

O consenso somente ocorreu na preservação e aumento substancial dos valores de dinheiro público destinado ao Fundo Partidário, cuja divisão interna dos partidos continuará nas mãos das cúpulas, sem critérios ou fiscalização.
Decepcionante essa realidade.

Predominou no Congresso, o instinto da sobrevivência.

Talvez acabem as “coligações”, mas já se anuncia a criação das “federações” de partidos.
Ou seja: trocam-se seis por meia dúzia.

A federação é uma forma indireta de coligação para evitar que ganhem os que tenham mais votos.

Quando exerci o mandato de deputado federal trabalhei intensamente para aprovação da cláusula de barreira, que foi inserida na lei 9.096, de 1995 (Lei dos Partidos Políticos). A regra estabelecia que os partidos alcançassem percentual mínimo de votos em quantidade determinada de Estados, para ter benefícios como fundo partidário, tempo de TV, representação na Câmara e indicação de bancada.

Seria uma forma de evitar a criação desenfreada de partidos (atualmente 35), quando se sabe que a maioria deles deveria ter registro na Junta Comercial e não no TSE.

Infelizmente, em 2006, o STF acolheu ação direta de inconstitucionalidade e essa medida moralizadora ruiu, por “decisão da justiça”.

Anunciada para aprovação em 2017, tudo indica que a cláusula de barreira será novamente sepultada no Congresso, pelo fato de exigir o desempenho eleitoral para os partidos colocarem a mão na grana do Fundo Partidário.

Na França, os partidos precisam ter 1% dos votos em 50 circunscrições para receberem € 37 mil/ano (R$137 mil), por deputado.

No Brasil, esse Fundo já serviu até para comprar avião (presidente do Pros, Eurípedes Júnior, usou R$ 400 mil para esse fim) e helicóptero por R$ 2,4 milhões.

Mesmo com tanto dinheiro do Fundo, alguns partidos têm débitos inscritos na Dívida Ativa da União há mais de 30 anos, em valor superior a R$ 120 milhões.

A omissão dolosa do Legislativo levará o Judiciário a regulamentar as eleições, mesmo que muitos condenem a judicialização da política.

A culpa do atual quadro caótico é do nosso sistema político, permitindo, por exemplo, a indústria dos “suplentes” de senador, que exercem mandatos sem sequer serem votados ($$$$).

Caberá ao eleitor lutar por mudanças, a partir da hora do voto na urna, em 2018.

Na democracia, só há esse caminho. Por: Ney Lopes.

Ney Lopes – jornalista, advogado, ex-deputado federal; ex-presidente do Parlamento Latino-Americano, procurador federal – nl@neylopes.com.br –blogdoneylopes.com.br. Publicado originalmente no site Carta Capital.



Edmilson Moura

Do Blog Sérgio Matias HOSPITAL REGIONAL LAURA VASCONCELOS COMEMORA UM ANO DE ASSISTÊNCIA À POPULAÇÃO.


O Hospital Regional Laura Vasconcelos, em Bacabal, comemora em setembro um ano de atendimento à população do Médio Mearim. A unidade de saúde, entregue em 2016 pelo Governo do Maranhão, já executou mais de 333,2 mil atendimentos especializados e faz parte dos investimentos realizados para a reestruturação dos serviços da rede de saúde no estado. Para a região, o hospital é referência no atendimento especializado e de urgência e emergência, garantindo e ampliando o acesso da população aos serviços públicos de saúde.


Em comemoração ao aniversário de um ano do Hospital Regional Laura Vasconcelos, uma programação especial contemplará pacientes e funcionários, neste sábado (16). As atividades incluem atenção farmacêutica aos pacientes, orientação nutricional para diabéticos e hipertensos e ginástica laboral.


A programação conta ainda com apresentação de grupo musical e o lançamento de uma campanha de doação de sangue, realizada por meio de parceria entre a Agência Transfusional do hospital e o Hemomar de Santa Inês. Haverá ainda atendimento médico em clínica cirúrgica, ortopédica, realização de exames de imagem (ultrassonografia e radiologia) e exames laboratoriais.


Edmilson Moura E veja um MANIFESTO do SINDICATO DOS MOTOTAXISTAS DE BACABAL E REGIÃO DO MÉDIO MEARIM, ao Governador Flávio Dino.


SINDICATO DOS MOTO-TAXISTAS DE BACABAL
E REGIÃO DO MÉDIO MEARIM
CNPJ. 04.009.292/0001-84
Posto Moto-Taxi Praça da Juçara BR 316
CEP.: 65700-000 – Bacabal – Maranhão


MANIFESTO


Flávio Dino. Excelentíssimo Governador do Estado do Maranhão, Senhor Flávio Dino, O SINDICATO DOS MOTOTAXISTAS DE BACABAL E REGIÃO DO MÉDIO MEARIM. Entidade constituída de fato e de direito para fiscalizar, orientar, disciplinar e defender o exercício profissional do. MOTOTAXISTA Legalizado, visando à qualidade na formação e da prestação dos serviços profissionais, preservando as prerrogativas da profissão e os direitos da população atendida. e que expressa o compromisso com a construção de uma nova ordem societária mais justa, democrática e garantidora, temos consciência de que devemos enfrentar com firmeza as questões fundamentais para a consolidação de uma sociedade justa e igualitária. A luta por melhores condições de trabalho com qualidade de vida para toda a classe trabalhadora, entendido com o direito da classe trabalhadora, e com direitos garantidos que se faz presente no cotidiano, e que podem provocar mudanças para aqueles que dependem da sua força de trabalho para assegurar condições dignas de vida.
 
Queremos agradecer o espaço ou o nosso POSTO DE MOTOTAXISTA, feito pelo Governo de Vossa Excelência, pelo Estado no Hospital Regional Laura Vasconcelos de Bacabal – Maranhão, e pedimos que nos ajude a dar condições de vida a nós, no fazer mais postos ou reformar os que já tem, e queremos endossar ou salientar o compromisso feito, com a classe, com a categoria dos mototaxistas, motofretistas e motoboys do Maranhão, de Bacabal, pois o compromisso foi selado com a entrega de do documento, no dia 15/06/2014. Em nossa Capital.
 
E para Bacabal – Maranhão o nosso pedido a V.Exª é que o senhor em harmonia com o Prefeito Zé Vieira, determine uma fiscalização ou blitz para combater a PIRATARIA em Bacabal-MA, que está DEMAIS. Excelentíssimo Governador do Estado do Maranhão, Senhor Flávio Dino.
Existimos através de uma LEI FEDERAL e uma LEI Municipal, hoje somos MOTO TAXISTA legalizado, por causa da LEI, mais a ultima administração, "jogou nós ao Léo"? ou "Deixado nós ao Léo"? e a atual Administração da mesma forma.
 
Hoje fazem vista grossa para a LEI, precisamos de postos que tenha um teto, precisamos de FISCALIZAÇÃO, precisamos de uma mão amiga, para nós existir conforme LEI, pois sem LEI para onde vamos. Governador Flávio Dino, pois sem a LEI, somos uma bussola sem direção.


Bacabal – MA, 16 de setembro de 2017.


Atenciosamente,


Moisés Araújo da Cunha
Presidente


Por Edmilson Moura
Blog REBELDE SOLITÁRIO e

Assessor de Comunicação do Sindicato dos Mototaxistas de Bacabal –MA.

FACHIN DECRETA PRISÃO PREVENTIVA DE JOESLEY BATISTA E RICARDO SAUD POR PERICULOSIDADE


Na decisão sobre dono do Grupo J&F e ex-executivo da companhia, ministro justificou que há "receio de que, em liberdade, destruam ou ocultem provas"
O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinoua prisão preventiva do dono do Grupo J&F, Joesley Batista, e do ex-executivo da companhia Ricardo Saud, atendendo a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR). Eles estavam presos temporariamente desde o domingo por um prazo de cinco dias, que se esgotaria nesta quinta-feira dia 14 de setembro de 2017. A prisão preventiva não tem prazo final.
Na decisão sobre Joesley e Saud, Fachin justificou que há "receio de que, em liberdade, destruam ou ocultem provas". A prisão, segundo o ministro, se justifica para diminuir a chance de que eles voltem a cometer crimes." A gravidade concreta do crime pode sim ser considerada como fundamento da medida gravosa, desde que, por exemplo, sob o viés do reflexo da periculosidade do agente na possibilidade de reiteração delituosa e, portanto, com observância da finalidade acautelatória que lhe é própria", disse Fachin.

O ministro destacou, também, que até agora os delatores não explicaram a omissão de informações no acordo de colaboração, um dos fatos que a PGR citou ao pedir a prisão deles. "Não há, portanto, pronunciamento satisfativo acerca da ocorrência, ou não, da omissão dolosa de informações, tema que, a tempo e modo, será detidamente averiguado por esta Relatoria neste Tribunal", disse Fachin."A defesa aduz ainda que os elementos foram fornecidos voluntariamente pelos colaboradores na vigência da prorrogação de prazo estipulado para tanto. Todavia, a oportunidade para complementação dos anexos não abrange informações dolosamente escamoteadas, circunstância que deverá ser verificada", disse.
RESCISÃO E DENÚNCIA
Além da prisão preventiva, Joesley e Saud sofreram outros dois duros golpes nesta quinta-feira. A PGR informou ao Supremo a rescisão do acordo de colaboração premiada dos ambos, o que levará à perda definitiva dos benefícios que lhes foram concedidos, como a possibilidade de não serem denunciados.
Já considerando que o Supremo deverá homologar (validar) a rescisão, a PGR denunciou Joesley e Saud por obstrução de justiça no episódio da compra do silêncio do delator Lúcio Funaro, junto com o presidente da República, Michel Temer.

Fachin, no entanto, ainda não confirmou a rescisão definitiva do acordo. Diante do pedido da PGR, o relator decidiu intimar Joesley e Saud - respectivamente, dono e ex-executivo do Grupo J&F - para que se manifestem sobre a rescisão do acordo de colaboração premiada que cada um firmou com a PGR, noticiada nesta quinta-feira pela própria procuradoria.

O que a PGR pede a Fachin é "a homologação da rescisão definitiva dos acordos de colaboração, com consequente a perda das premiações, mantendo-se plenamente válidas as provas trazidas e produzidas pelos colaboradores". Só depois de ouvir os delatores, o ministro poderá decidir validar judicialmente a rescisão. Com informações do Estadão Conteúdo
Edmilson Moura

LULA VAI AO SEGUNDO JULGAMENTO NÃO VAI SER PRESO E É PRÉ-CANDIDATO A PRESIDENTE DO BRASIL EM 2018


Perguntas e respostas: Lula não vai ser preso e ainda pode concorrer; Tire suas dúvidas. Ex-presidente foi condenado a nove anos e meio de prisão pelo juiz Moro

Condenado a nove anos e meio de prisão pelo juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não vai ser preso. A sentença do magistrado está relacionada ao tríplex do Guarujá.

TIRE SUAS DÚVIDAS COM AS PERGUNTAS E RESPOSTAS ABAIXO

Veja também
EM TEMPO REALSaiba como foi a movimentação de Lula ao longo do dia em Curitiba. Dia 13 de setembro de 2017.

Em um discurso de quase 15 minutos, que começou às 18h55, Lula repetiu a mesma retórica de sempre, alegando ser inocente e alvo de uma manobra das “elites” para não ser candidato em 2018. “Eu tenho a vergonha na cara que eles nunca tiveram”, foi uma das frases proferidas. Voltou a dizer que não há provas que o incriminem e afirmou categoricamente que jamais “mentiria para o povo brasileiro”, a ponto de preferir a morte a isso.

 “Eu jamais mentiria pra vocês. Eu prefiro a morte a passar uma mentira ao povo brasileiro. Eu não sei quantos processos eu tenho. Mas quem tem a sede de Justiça que eu tenho, quem não morreu de fome até completar 5 anos de idade no Nordeste como eu, não tem medo de nada”, discursou.


Lula disse. “Só quero que a operação Lava Jato aqui de Curitiba e não o Ministério Público, porque é uma instituição que eu respeito, tenha a coragem de dizer: ‘nós não temos provas contra o Lula’”, disse. Ao fim, às 19h09 e agradeceu o apoio de todos os presentes. “Um Lula incomoda muita gente, mas um milhão de Lulinhas, como vocês, incomodam muito mais. Obrigado”, afirmou. Lula. GAZETA DO POVO.



Edmilson Moura

AS DENÚNCIAS QUE TEMER SEPULTA SERÃO EXUMADAS


                                   

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, determinou a abertura de um novo inquérito criminal contra Michel Temer. Será mais uma oportunidade para a Polícia Federal varejar crimes atribuídos ao presidente, oferecendo à Procuradoria-Geral da República elementos para a apresentação de outra denúncia. Que os coveiros de Temer enterrarão viva.

O presidente já patrocinou o enterro, no plenário da Câmara, de uma denúncia por corrupção. Prestes a ser denunciado novamente, Temer já organizou o segundo velório. E o ministro Barroso informa que talvez exista matéria-prima para mais um cadáver. Apura-se a suspeita de cobrança de propina para beneficiar empresas operadoras de portos.

“A ninguém deve ser indiferente ao ônus pessoal e político de uma autoridade pública, notadamente o presidente da República, figurar como investigado em procedimento dessa natureza”, anotou Barroso em seu despacho.

O ministro prosseguiu: “Mas este é o preço imposto pelo princípio republicano, um dos fundamentos da Constituição brasileira, ao estabelecer a igualdade de todos perante a lei e exigir transparência na atuação dos agentes públicos. Por essa razão, há de prevalecer o legítimo interesse social de se apurarem, observado o devido processo legal, fatos que podem se revestir de caráter criminoso.”

Aos pouquinhos, a gestão Temer vai se convertendo num descampado moral que o presidente utiliza para desovar acusações. Há, porém, um problema: a Constituição determina que, encerrado o mandato presidencial, as encrencas terão de ser exumadas.

Quer dizer: Michel Temer pode até adiar suas culpas, alardeando que o futuro a Deus pertence. Cedo ou tarde, porém, terá de responder pelo seu passado. Deve lhe doer a imagem do drama vivido no presente por correligionários sem mandato, recolhidos à cadeia. Do: blog do Josias.



Edmilson Moura

OS RETRATOS DA CRISE



A crise na opinião do patrão. A crise econômica e financeira que assola o país desde o começo da década e que se agravou pela instabilidade política gerada, principalmente, pelas operações da Polícia Federal e que teve seu ápice com o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) está, finalmente, dando sinais de arrefecimento.

No primeiro semestre deste ano tanto o comércio quanto a indústria apresentaram índices de retomada do crescimento – ainda modestos, entretanto – e a tendência é que a ascendência positiva aconteça até o final do ano, na expectativa do presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Serviços de Gravataí (Acigra), Régis Albino Marques Gomes.

O eletrocardiograma que mostra o sobe e desce da movimentação financeira vem sendo acompanhado com a atenção pela diretoria da entidade e é razão de abordagens em todas as reuniões da Acigra. Daí a convicção de que, por mais que os números sejam alentadores, a expectativa para 2018 não é alentadora.

E em ano de eleição a atividade econômica fica praticamente estagnada já que o empresariado não sabe o que vai acontecer, se quem vai ser eleito vai olhar para a atividade produtiva, como vai se comportar em relação à política econômica --- explicou o presidente.

De acordo com o presidente – dono da Albimar, empresa do ramo de beneficiamento de areia – a crise se instalou do Brasil quando o governo federal instituiu uma série de programas sociais custeados pelo dinheiro dos impostos, sem adotar medidas que capacitassem a máquina pública a manter estas ações e, ao mesmo tempo, continuar investindo em setores essenciais à sociedade.

Daí o sucateamento dos hospitais públicos, das universidades federais, das rodovias, o caos na segurança pública e em muitos outros setores, na avaliação do dirigente. E a situação ficou ainda pior, de acordo com Régis Albino, quando, além de ter esgotado os recursos para os programas sociais, agravou-se o quadro da corrupção no país.

O governo implantou uma série de ações sociais e onerou as empresas com ainda mais impostos e reajustes de alguns já existentes para bancar estes benefícios, e ainda assim roubaram muito. Fragilizaram a economia, roubaram um monte e deu nisso que deu, o país entrou numa crise total. Clique no link e veja detalhes desta matéria >>> http://seguinte.inf.br/noticias/negocios/3357_O-vilao-da-crise-na-opiniao-do-patrao
seguinte.inf.br
COLUNAS Andreo Fischer: Andreo Fischer é jornalista, presta serviços de reparos em computadores e acredita que o mundo flui melhor conectado.





Edmilson Moura